Página inicial José Antônio de Ávila sacramento!

  PERFIL LINKS VÍDEOS CONTATO  

Fotos recentes / Distrito de S. Miguel do Cajuru

As fotografias que aqui podemos ver são recentes, ainda! Amanhã estarão um pouco mais antigas... Por que é que as coisas e as pessoas estão mais novas nas fotos antigas, e se apresentam envelhecidas nas fotos recentes? O tempo passa o tempo todo... Ou será que é o tempo todo que o tempo passa? O passar do tempo faz com que a gente veja as coisas de um jeito diferente. Ou será que o tempo não passa? Será que somos nós que passamos?

    Sobre o "Districto de Cajurú" - "Almanak Laemmert", ano 1913
    Trans Ávila & Carvalho
    Igreja - São Miguel do Cajuru
    Igreja - Distrito são-joanense de São Miguel do Cajuru
    Vista externa da igreja (S. Miguel do Cajuru)
    Antigo ônibus - São Miguel do Cajuru
    Aspecto parcial (Distrito de S. Miguel do Cajuru)
    Vista parcial - Sede do Distrito de São Miguel do Cajuru
    Vista parcial - Distrito de São Miguel do Cajuru
    Casa - Distrito de São Miguel do Cajuru
    Tumba do padre Miguel - São Miguel do Cajuru - S. João del-Rei - MG
    Vista parcial - São Miguel do Cajuru - São João del-Rei - MG
    Placa indicativa - São Miguel do Cajuru - São João del-Rei - MG
    Vista parcial - Distrito de São Miguel do Cajuru - São João del-Rei - MG
    Antiga casa - Distrito de São Miguel do Cajuru - São João del-Rei - MG
    Cruzeiro em São Miguel do Cajuru, Distrito de São João del-Rei - MG
    Entrada do Distrito de São Miguel do Cajuru - São João del-Rei - MG
    Vista parcial - Distrito de S. Miguel do Cajuru - S. João del-Rei - MG
    Casa do padre Miguel - Distrito de São Miguel do Cajuru - São João del-Rei - MG
    Fazenda da Congonha - Distrito de S. Miguel do Cajuru - S. João del-Rei - MG


Anterior - 1 - 2 - Próxima


   
linha_rodape
Página inicial José Antônio de Ávila sacramento!

Transcrever textos ou apoderar-se de imagens de www.patriamineira.com.br sem citar a fonte é violar direitos autorais ou, pelo menos, um péssimo costume. Pior do que os castigos da lei, que costumam demorar, é a nossa maldição que rapidamente se abaterá sobre quem não respeitar o preceito.