Página inicial José Antônio de Ávila sacramento!

  PERFIL LINKS VÍDEOS CONTATO  

Crônicas

Acredito que a crônica não é texto meramente informativo; ela deve estar situada entre o jornalismo de qualidade e a boa literatura. O cronista, alguém já ousou a dizer: "é o poeta do cotidiano". Na maioria das vezes, as minhas crônicas se debruçam sobre valores locais e procuram privilegiar fatos que acontecem nos nossos quintais... Será que são produções canhestras, literárias, híbridas, históricas, múltiplas, trágicas, atemporais, irrelevantes, emotivas, cômicas, decrépitas, alegóricas? Não sei! Muitas das vezes elas poderão até soar proféticas ou heréticas. Tudo dependerá dos pontos de vistas, dos humores e dos julgamentos dos leitores. Este cronista, ao passar as suas mensagens, expõe o rosto aos carinhos ou aos tapas dos que se dispuserem a lê-lo. Portanto, vocês decidirão se vão acariciar ou esbofetear a minha face... Moderadamente, por favor!

Escolha a subcategoria abaixo:

   Crônicas


   
linha_rodape
Página inicial José Antônio de Ávila sacramento!

Transcrever textos ou apoderar-se de imagens de www.patriamineira.com.br sem citar a fonte é violar direitos autorais ou, pelo menos, um péssimo costume. Pior do que os castigos da lei, que costumam demorar, é a nossa maldição que rapidamente se abaterá sobre quem não respeitar o preceito.